Nova turma de advogados e estagiários de Direito recebe carteiras e Márcio Aleluia é paraninfo

Mais uma solenidade de entrega de carteiras a novos advogados e estagiários de Direito aconteceu nesta quinta-feira, dia 20, desta vez tendo por paraninfo o advogado e assessor especial da presidência da OAB Niterói, Márcio Aleluia.

Realizada no Plenário José Danir Siqueira do Nascimento, no 11º andar da sede, a cerimônia é coordenada pela Comissão de Seleção e Inscrição, presidida por Elio Ferreira de Souza e vice-presidente da entidade.

Ao abrir a solenidade, após a execução do Hino Nacional, o presidente Claudio Vianna disse que esse era "um dia de festa para a OAB Niterói, que está recebendo em seus quadros os novos advogados" e parabenizou a todos por estarem chegando a este momento de conquista após anos de estudos, de sacrifícios.

"Primeiro se escolhe uma profissão: Direito. Depois vêm os estudos, os exames, desânimo também. Mas vocês seguiram em frente e se tornaram bacharéis. Aí viram que isso não era suficiente para exercer a profissão, pois tinham que prestar o Exame de Ordem, que hoje está na faixa de 25% de aprovação. Então posso dizer, com toda convicção, que vocês aqui presentes são vitoriosos e competentes", ressaltou.

O presidente também lembrou que, além de um dia de comemoração, esse era um dia de reconhecimento ao apoio dos familiares: pai, mãe, namorados, avós, e pediu uma salva de palmas para eles. Em seguida, lembrou que é costume convidar sempre um advogado ou advogada para falar aos novos profissionais e estagiários, desta vez sendo Márcio Aleluia, "um jovem advogado cuja trajetória conheço, um rapaz humilde, que percorreu muita estrada para chegar até aqui". E o paraninfo discursou:

"Parabenizo a todos os novos advogados e seus familiares e digo que tenho muita honra de ter sido convidado pelo presidente Claudio Vianna para estar aqui hoje, assim como havia sido convidado para ser assessor especial da presidência. E agradeço também ao antecessor dele, Dr. Antonio José, que já havia aberto as portas da Casa para mim. Quero incentivar vocês, novos advogados, a irem sempre além do seu sonho, sabendo que tudo é possível conquistarmos com luta e dedicação".

Prosseguindo, Márcio Aleluia frisou que a advocacia tem três pontos básicos: compromisso com a dignidade, seu papel da salvaguarda e sua independência face aos poderes e poderosos. "Olhando para a história, eu me inspiro em Luiz Gama, que foi escravizado e lutou contra a escravidão, conseguindo defender e libertar muitos cativos. Em 2015 recebeu o reconhecimento do Conselho Federal da OAB por sua atuação como advogado", citou, para completar:

"Vocês estão recebendo uma missão, como dizia Ruy Barbosa: 'A profissão do advogado tem uma dignidade quase sacerdotal'.

Na sequência, o presidente Claudio Vianna convidou o orador da turma, João Pedro Soncini Deliberador, a proferir o juramento, mas então ouviu uma solicitação de aparte do conselheiro Ulisses Monteiro, no que foi atendido.

"Peço desculpas por quebrar o protocolo, mas o advogado deve sempre quebrar o protocolo quando sentir que precisa falar, e eu preciso falar agora, porque vejo novos advogados diante de mim, e talvez eu seja o mais idoso da Casa. Aqui presente também a avó de um deles, que foi defensora pública e prestou concurso para o Estado comigo, exatamente nesta mesma sala, onde funcionava a Promotoria Pública.

Quero dizer para vocês que a advocacia é mais do que aplicar as leis. É respeitar ao outro, às instituições e a si próprio. Cada um de vocês tenha a certeza que, para ser respeitado como advogado, tem que respeitar o próximo", ensinou.

O presidente Claudio Vianna agradeceu e elogiou as sábias palavras do conselheiro e deu sequência ao juramento dos compromissandos. Feito isso, o presidente da Comissão de Seleção e Inscrição, Elio Ferreira, deu por cumprida a exigência do Regimento da OAB, declarando assim os novos advogados aptos ao exercício da profissão, e ressaltando que os estagiários poderão atuar desde que em conjunto com um advogado.

Antes da chamada nominal de cada um, com entrega do respectivo certificado, ele ressaltou que as mulheres prosseguem se fazendo maioria na advocacia: "Hoje, temos aqui 19 delas e apenas 7 deles. Elas continuam empoderadas". E pediu uma salva de palmas para as mulheres.

Estiveram presentes na cerimônia e também compuseram a mesa de trabalhos: o diretor-tesoureiro Ralph de Andrade, o diretor executivo Hélio Consídera, o conselheiro Ulisses Monteiro e a relatora da Comissão de Seleção e Inscrição, Tereza Cristina Teixeira Vilas Boas.

Fotos: Ulisses Franceschi