Morre advogada Anna Maria Penna Maisonnette

A OAB Niterói comunica com pesar o falecimento da advogada Anna Maria Penna Maisonnette. Muito querida e respeitada por colegas e clientes, ela morreu neste domingo, aos 79 anos, em São José dos Campos (SP), vítima de infarto.

A advogada atuou nas áreas trabalhista e civil e foi delegada do Núcleo de Violência contra as Mulheres da OAB Niterói. Recentemente, havia se mudado para a cidade paulista. Viúva do também advogado Edson Maisonnette, deixa três filhos, incluindo a advogada Anna Claudia Anna Claudia Penna Maisonnette Blower.

"Ela era uma entusiasta da advocacia. Eu me tornei advogado, muito por influência dela e do seu marido, Edson Maisonnette. Ambos tiveram escritório na cidade", declarou seu sobrinho Hugo Penna, advogado e professor.

O velório está acontecendo nesta segunda-feira, dia 5 de agosto, em São José dos Campos, onde seu corpo será cremado, às 14 horas.