OAB Niterói online
Notícias
TRF-2 retoma projeto para construir novo fórum federal em Niterói

TRF-2 retoma projeto para construir novo fórum federal em Niterói


 
O novo presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, em entrevista ao “Habeas Data”, informativo do tribunal, destacou dentre outras prioridades de sua gestão, o fortalecimento da primeira instância federal, portas abertas aos advogados e jurisdicionados, e a construção de sedes próprias para a instalação das seções judiciárias no Estado do Rio de Janeiro, principalmente em Niterói.
 
A construção de uma nova sede para o fórum federal na cidade é uma reivindicação antiga da OAB Niterói. Com a construção em terreno já doado à Justiça Federal pelo INSS, a Avenida Amaral Peixoto, no Centro, terá completado o corredor judiciário, onde já estão os fóruns do TJ e do TRT.
 
Morador de Niterói ,o novo presidente do TRF-2, que abrange os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, foi empossado no dia 6 de abril, juntamente com os desembargadores Guilherme Couto de Castro e Nizete Lobato como vice-presidente e corregedora regional para o biênio 2017/2019.
 
O presidente do TRF-2 acredita que poderá atender as demandas administrativas do tribunal, apesar das limitações orçamentárias impostas pela Emenda Constitucional 95, de 2016, que restringe gastos públicos. “Não precisamos de milagres: se eu tenho poucos recursos, preciso usá-los muito bem, estabelecendo as prioridades, preservando o que é essencial e planejando, para evitar surpresas. Se tivermos de cortar, cortaremos... mas sem perder a ternura jamais...”, diz.
 
O presidente acrescentou que, em sua gestão, vai dar ênfase ao primeiro grau da jurisdição. “ Os diretores dos Foros das Seções Judiciárias serão protagonistas, ao lado do presidente do TRF2, das ações relacionadas a essa política. De imediato, ressalto a importância do aumento do número de estagiários e da construção de edifícios de subseções judiciárias que já se encontram com projeto pronto. Niterói é um exemplo que se enquadra nessa hipótese. Além disso, pretendo realizar estudo sobre a questão do número de servidores e de gratificações no primeiro grau, bem como pretendo reavaliar pedidos relacionados a adicionais de qualificação que tenham sido denegados. Quero, também, conversar com os juízes das varas e juizados federais das capitais e do interior da 2ª Região”, afirmou o presidente.
 
Ele promete manter as portas do gabinete abertas, dizendo que, “se tivesse de escolher um mote para a minha gestão, seria a frase de Jean Cocteau: \\\\\\\\\\\\\\\'Sem saber que era impossível, ele foi lá e fez\\\\\\\\\\\\\\\'. Não deixaremos nenhum pleito legítimo, nenhum problema, nenhum projeto de fora por, de antemão, reputarmos que seu enfrentamento seja impossível. Uma solução sempre poderá ser encontrada. Poderá não ser a ideal, mas será uma resposta sincera e de boa vontade”, concluiu.
 
Nota da redação:
É pleito das gestões  do presidente Antonio José, que agora será concretiza,  tranformando a Amaral Peixoto na “avenida do judiciário".



back

:: Mais Noticias
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói assina nesta quinta-feira, dia 11, convênio com clínica médica para consultas a R$ 60
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói realiza primeira entrega de carteiras a novos advogados e estagiários de Direito dia 11
  •  (19-12-2017) - Feliz Natal e um 2018 de alegrias!
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói suspenderá rede de informação até 20 de janeiro, acompanhando as férias dos advogados
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói estará em recesso de 20 de dezembro a 7 de janeiro para as festas de fim de ano
  •  (19-12-2017) - Turma de Direito da UFF de 1967 comemora Jubileu de Ouro de formatura no dia 19 de janeiro
  •  (18-12-2017) - TRT3 - Aumento jornada em readaptação acompanhada aumento salarial não representa alteração lesiva
  •  (18-12-2017) - STJ - Tribunal edita seis novas súmulas
  •  (18-12-2017) - STF - Tribunal inicia julgamento de ações sobre o novo Código Florestal
  •  (18-12-2017) - CJF - TNU cancela enunciado da Súmula nº 51
  •  (18-12-2017) - TNU - Certidão é essencial para contagem de tempo trabalhado
  •  (18-12-2017) - Ementário de Jurisprudência Cível Nº 32/2017 do TJRJ
  •  (15-12-2017) - STJ - Reconhecimento de união estável com pessoa casada não pode dispensar citação do cônjuge
  •  (15-12-2017) - STJ - Primeira Turma nega acesso de município a informações individualizadas colhidas pelo IBGE
  •  (15-12-2017) - TST - Empresa pagará equivalente a seguro-desemprego porque fez três cadastros de PIS de empregado
  •  (15-12-2017) - STJ - O sonho da maternidade às portas
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Insuficiência da penhora não é causa para a extinção dos embargos do devedor
  •  (14-12-2017) - TJAL - Nova lei facilita processo de adoção de crianças; saiba o que mudou
  •  (14-12-2017) - TRT13 - O direito e o Trabalho
  •  (14-12-2017) - CNJ: Modernizar cartórios é inadiável, diz Noronha aos corregedores
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Crédito tributário declarado e não honrado no seu vencimento pode ser inscrito imediatamente
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Tribunal mantém sentença que afasta a Taxa de Saúde Suplementar
  •  (14-12-2017) - TJPB - Acusado de abandono material por falta de pagamento de pensão alimentícia tem apelo negado
  •  (14-12-2017) - Informativo STF