OAB Niterói online
Notícias
STJ - Sentença que exigiu trânsito em julgado não impede execução provisória da pena

STJ - Sentença que exigiu trânsito em julgado não impede execução provisória da pena


 
A execução provisória da pena após a condenação em segunda instância também deve ser aplicada nos casos em que a sentença condenatória estabeleceu para o réu, expressamente, a possibilidade de recorrer em liberdade até o trânsito em julgado da ação penal.
 
Para os ministros da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a mudança de entendimento por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) afeta os processos em curso, e sua aplicação nos casos em que a sentença previa aquela possibilidade não significa ofensa à coisa julgada.
 
Ao analisar um pedido de habeas corpus de três líderes do Movimento dos Sem Terra (MST), condenados a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio, o ministro Antonio Saldanha Palheiro, relator do caso, disse que a mudança de orientação do STF tem reflexo lógico nos processos em curso, incluindo as sentenças proferidas quando o entendimento sobre a execução provisória era outro.
 
Engessamento
 
Para o ministro, qualquer entendimento em sentido oposto engessaria o Judiciário, e a adequação à jurisprudência vigente não viola garantias dos réus, ao contrário do que a defesa sustentou.
 
“Nesse contexto, não há que se falar em violação ao trânsito em julgado tão somente em função de ter constado no dispositivo da sentença a determinação proibitiva de se iniciar, provisoriamente, a execução da pena, uma vez que, naquela ocasião, era este o entendimento vigente na pretória corte” explicou o ministro.
 
A decisão de rejeitar o pedido de habeas corpus foi acompanhada pela unanimidade dos ministros da turma. Saldanha lembrou que, ao dar nova interpretação à possibilidade de execução provisória da pena, o STF destacou que essa posição não viola o princípio constitucional da presunção de inocência.
 
O ministro destacou a possibilidade de o recurso especial ter efeito suspensivo e obstar a execução provisória da pena, mas no caso analisado a defesa não apontou teses que autorizariam o efeito suspensivo, inviabilizando a concessão do habeas corpus também nesse ponto.
 
Desaforamento
 
Outra tese rejeitada pelos ministros foi a da suposta ilegalidade na decisão que determinou a execução provisória da pena, assinada pelo juízo originário da causa. Segundo a defesa, como houve desaforamento e sentença condenatória pelo júri popular, o juízo originário não poderia ter determinado a execução da pena.
 
O relator citou jurisprudência do STJ para ressaltar que o entendimento acerca do desaforamento é estrito, ou seja, a medida se esgota na realização do júri.
“Uma vez realizado, esgota-se a competência da comarca destinatária, inexistindo, in casu, nenhuma violação quanto à execução provisória determinada pelo juízo originário da causa, em observância à exegese do artigo 70 do Código de Processo Penal”, afirmou o relator.
Esta notícia refere-se ao(s) processo(s):HC 374713

Fonte: STJ



back

:: Mais Noticias
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Insuficiência da penhora não é causa para a extinção dos embargos do devedor
  •  (14-12-2017) - TJAL - Nova lei facilita processo de adoção de crianças; saiba o que mudou
  •  (14-12-2017) - TRT13 - O direito e o Trabalho
  •  (14-12-2017) - CNJ: Modernizar cartórios é inadiável, diz Noronha aos corregedores
  •  (14-12-2017) - Informativo STF
  •  (13-12-2017) - TJRJ atende pedido da OAB Niterói e inaugura hoje Juizado Fazendário da cidade, na Região Oceânica
  •  (13-12-2017) - OAB Niterói estará em recesso de 20 de dezembro a 7 de janeiro para as festas de fim de ano
  •  (13-12-2017) - TRF3 - Segurado que possui participação societária em empresa inativa pode receber seguro-desemprego
  •  (13-12-2017) - STF - Relator rejeita ação por ilegitimidade de diretório partidário municipal para ajuizar ADI
  •  (13-12-2017) - Decisão do TJRJ
  •  (13-12-2017) - TJPB entende que ausência de CET em contrato de empréstimo não enseja anulação de negócio jurídico
  •  (13-12-2017) - Informativo de Jurisprudência
  •  (12-12-2017) - Ementário de Jurisprudência Cível Nº 31/2017 do TJRJ
  •  (12-12-2017) - TJAC - Sobrinho deve ser indenizado após ofensa por não convidar tia para casamento
  •  (12-12-2017) - TJAC - Servidores públicos temporários têm direito a férias remuneradas e “terço constitucional”
  •  (12-12-2017) - TJSC - Pais de criança que teve fraturas constatadas aos sete meses perdem o poder familiar
  •  (12-12-2017) - TJRO - DER é condenado por danos causados em acidente de trânsito pela ausência de sinalização
  •  (12-12-2017) - TJDFT mantém multa ao Distrito Federal pelo não pagamento de pensão a aluno que ficou tetraplégico
  •  (12-12-2017) - TRT14 - Procurador federal deve ser intimado pessoalmente em ação trabalhista
  •  (12-12-2017) - STF - Recurso sobre leis municipais que proíbem sacolas plásticas tem repercussão geral
  •  (12-12-2017) - STF - Suspensa decisão que rejeitou denúncia de lesão corporal contra mulher após retratação
  •  (11-12-2017) - STF - Tribunal decidirá sobre necessidade de autorização em âmbito eleitoral para gravação ambiental
  •  (11-12-2017) - STF - Entidade questiona contrato de trabalho intermitente criado pela reforma trabalhista
  •  (11-12-2017) - TJTO - Justiça retifica gênero em registro civil de moradora de Dianópolis
  •  (11-12-2017) - TJSC - Tribunal determina que suposto pai pague pensão mesmo antes do nascimento de bebê
  •  (11-12-2017) - TJMG - Casal é indenizado por falta de energia elétrica na festa de casamento
  •  (11-12-2017) - Decisão do TJRJ
  •  (11-12-2017) - Justiça carioca cria centro de resolução de conflitos familiares
  •  (11-12-2017) - TJAC - Município de Sena Madureira deve indenizar mulher pelos danos ao imóvel decorrentes de obra
  •  (11-12-2017) - TRF1 - Legislação impede a concessão de licença para acompanhar cônjuge deslocado para tomar posse
  •  (11-12-2017) - TRF1 - Denatran é condenado a efetuar emplacamento de veículo adquirido em leilão da Receita Federal
  •  (11-12-2017) - TRT23 - Justiça nega vínculo de emprego a filho de comerciante
  •  (11-12-2017) - TRT6 - Professora que “repetiu” ação trabalhista contra Município é multada
  •  (11-12-2017) - TRT1 - Amizade no Facebook não configura suspeição de testemunha
  •  (11-12-2017) - STJ - Quarta Turma acolhe pedido de guarda póstuma e assegura pensão a menor com doença cerebral
  •  (11-12-2017) - STJ - Admitido incidente de uniformização sobre incorporação do reajuste da URP de abril e maio de 1
  •  (07-12-2017) - Feminicida terá de devolver o benefício previdenciário recebido
  •  (07-12-2017) - CNJ esclarece dúvidas sobre apostilamento de documento em cartório
  •  (07-12-2017) - Decisão do TJRJ
  •  (07-12-2017) - STF -Ministro suspende júri após absolvição anulada por falta de quesito sobre participação genérica
  •  (07-12-2017) - STJ - Admitido incidente de uniformização sobre prescrição e habilitação para recebimento de pensão
  •  (07-12-2017) - STJ- Agravo de instrumento é recurso cabível contra revogação de Justiça gratuita em autos apartados
  •  (07-12-2017) - TRF-RJ inaugura hoje Memorial em homenagem a 9 desembargadores falecidos,com presença da OAB Niterói
  •  (07-12-2017) - TJRS - Estado deve fornecer informações, mesmo que sigilosas, aos órgãos de fiscalização
  •  (07-12-2017) - TRF1 - Princípio da proporcionalidade não se aplica a réu reincidente
  •  (07-12-2017) - TRF1 - Entrega de carnês de IPTU sem a intermediação não viola manutenção do serviço público postal
  •  (07-12-2017) - TRT15 - Câmara anula doação fraudulenta e determina penhora sobre imóvel de sócio devedor
  •  (07-12-2017) - TST - Intimação de sentença que não foi feita a advogado expressamente indicado é nula
  •  (07-12-2017) - TRF3 - Fundamentos que levaram a 11ª turma a substituir prisão preventiva por medidas cautelares
  •  (06-12-2017) - STJ - Protesto de título prescrito gera dano moral apenas se não houver outras formas de cobrança
  •  (06-12-2017) - STJ - Mesmo sem previsão, cabe agravo de instrumento contra decisão interlocutória
  •  (06-12-2017) - STJ - Dissolução parcial de sociedade não exige citação de todos os acionistas
  •  (06-12-2017) - TST - Mantida suspeição de testemunha com cargo de confiança e poderes para admitir e demitir
  •  (06-12-2017) - CJF - Cumprimento de autos de constatação é atribuição de oficiais de justiça
  •  (06-12-2017) - STJ - Corte Especial e Terceira Seção aprovam duas novas súmulas
  •  (06-12-2017) - STJ - Prorrogações de contrato de aluguel não autorizam denúncia vazia
  •  (06-12-2017) - TJDFT - Motorista que estacionou sem acionar o freio de mão deverá restituir prejuízos causados
  •  (06-12-2017) - STJ - Primeira Seção reafirma que menor sob guarda tem direito à pensão por morte
  •  (06-12-2017) - STJ - Litisconsortes com diferentes advogados têm prazo em dobro para pagamento voluntário
  •  (06-12-2017) - STJ - Falta de anuência não desobriga fiador na prorrogação do contrato de aluguel
  •  (06-12-2017) - TRT5- Vigilante tem justa causa mantida por atuar, de licença médica, como juiz do Campeonato Baiano
  •  (06-12-2017) - TRT1 - Grau de parentesco não justifica inclusão na execução
  •  (06-12-2017) - TST - Entidades e OAB poderão se manifestar em sessão que examinará mudanças na jurisprudência
  •  (06-12-2017) - TJRJ atende solicitação da OAB Niterói e inaugura Juizado Fazendário na Região Oceânica, dia 13
  •  (06-12-2017) - ESA Niterói fecha o ano letivo com chave de ouro após receber 1.189 alunos em dezenas de cursos
  •  (06-12-2017) - Advogado Nilton Nunes será o paraninfo da última turma a receber carteiras na OAB Niterói em 2017
  •  (06-12-2017) - Turma de Direito da UFF de 1967 comemora Jubileu de Ouro de formatura no dia 19 de janeiro
  •  (06-12-2017) - Associação de Imprensa promove ato público,5ªfeira,na Cinelândia, pelo Dia da Liberdade de Expressão
  •  (17-11-2017) - Feliz Natal e um 2018 de alegrias!