OAB Niterói online
Notícias
Ementário de Jurisprudência Turmas Recursais Nº 6/2017 do TJRJ (Continuação)

Ementário de Jurisprudência Turmas Recursais Nº 6/2017 do TJRJ (Continuação)


Publicado em: 19/07/2017


COMISSÃO DE JURISPRUDÊNCIA
Presidente: Desembargador GILBERTO CAMPISTA GUARINO

Organização: Serviço de Publicações Jurisprudenciais da Divisão de Organização de Acervos de Conhecimento


Ementa nº 13

SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL

REGULARIZAÇÃO DOS VENCIMENTOS

AÇÃO COLETIVA

AÇÃO INDIVIDUAL

INCOMPETÊNCIA DO JUIZADO ESPECIAL

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TURMA RECURSAL DE FAZENDA PROCESSO: 0000281-24.2017.8.19.9000 RECORRENTE: ESTADO DO RIO DE JANEIRO RECORRIDO: MARCO AURÉLIO PAZ DE OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. TUTELA ANTECIPADA DEFERIDA. EXISTÊNCIA DE AÇÕES COLETIVAS SOBRE O MESMO DIREITO. NECESSÁRIA REFORMA DA DECISÃO LIMINAR, EM PROL DOS PRINCÍPIOS DA EFICIÊNCIA E CELERIDADE DO MICROSSISTEMA DOS JUIZADOS ESPECIAIS. Reconheço a incompetência do Juizado para esta ação pela existência de ações coletivas que representam o autor, como os demais servidores, na busca da regularização de seus vencimentos, não sendo possível permitir-se o prosseguimento de ações individuais em flagrante prejuízo aos princípios processuais de Eficiência e Celeridade que norteiam o Microssistema dos Juizados Especiais, de acordo com a Lei 9.099/1995. RECURSO PROVIDO RELATÓRIO Trata-se de Agravo de Instrumento interposto contra decisão proferida pelo Juízo do Juizado Especial Fazendário da Comarca da Capital que, nos autos de ação proposta por MARCO AURÉLIO PAZ DE OLIVEIRA, ora agravado, em face do ESTADO DO RIO DE JANEIRO, ora agravante, deferiu a tutela de urgência. (fls. 30) Insurge-se o ERJ aduzindo, em síntese, a ausência de pressupostos autorizativos à antecipação dos efeitos da tutela. Alega, ainda, o risco da multiplicidade de ações, da perda parcial do objeto e a grave crise financeira enfrentada pelo Estado. Decisão (fls. 37), negando efeito suspensivo ao recurso. Sem contrarrazões (fls. 40). O Ministério Público opinou pelo provimento do recurso (fls. 41/42). O recurso é tempestivo, dispensado o preparo. VOTO O agravo de instrumento merece ser provido, impondo-se a reforma da decisão proferida nos autos. Consoante cediço, a tutela de urgência tem a finalidade de dar maior efetividade à função jurisdicional e serve para adiantar, no todo ou em parte, os efeitos pretendidos com a sentença de mérito a ser proferida no final do processo. Sabe-se, para deferimento da tutela antecipada, reconhece-se indispensável o preenchimento dos requisitos exigidos pelo artigo 300, do Código de Processo Civil/2015, revestindo-se tais requisitos na probabilidade do direito e no perigo de dano, exigindo-se, ainda, ponderação sobre existência de perigo de irreversibilidade do provimento antecipado. O autor, ora agravado, é servidor público estadual (Policial Militar). Alega em petição inicial que se encontra com dificuldades financeiras causadas pelos atrasos nos pagamentos. É, de fato, de fácil constatação a situação calamitosa que enfrenta o Estado do Rio de Janeiro, principalmente nas finanças, causadas seja por má gestão, falta de recolhimento de tributos, problemas no planejamento de governo, etc. Todavia, o autor não se constitui único servidor a passar pelo mesmo infortuno. O atraso no pagamento dos servidores é matéria recorrente nas grandes mídias, além das paralisações e manifestações feitas pelos próprios. Além disso, existem várias ações coletivas postulando este mesmo direito aos servidores públicos estaduais, principalmente a Ação Civil Pública promovida pela Defensoria Pública de n° 0125055-94.2016.8.19.0001 que, mediante decisão liminar, arrestou mais de seiscentos milhões de reais dos cofres públicos. Além desta ação coletiva, existem outras, as quais destaco: da FASP-RJ (Federação das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do Rio de Janeiro), de n° 0018555-04.2016.8.19.0001; da Associação de Pensionistas e Credores do Estado do Rio de Janeiro, de n° 001987-78.2016.8.19.0001; e da ASSINAP (Associação dos Ativos, Inativos e Pensionistas das Policias Militares, Brigadas Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil), de n° 0019700-98.2016.8.19.0000. Ora, estas ações coletivas em andamento, com decisões liminares a favor dos servidores, visam o mesmo pedido desta presente ação individual, qual seja, a regularização dos vencimentos, bem como o pagamento dos salários atrasados. Deixa de possuir, esta Turma, bem como o Juízo de origem, a competência para análise dos casos individuais frente a quantidade de ações coletivas em prol do mesmo fim. Colaciono entendimento ministerial, no parecer de fls. 29, in verbis: "impõe-se reconhecer que a tutela individual pretendida nos autos principais, considerando a natureza do bem da vida para o qual se vindica proteção, de fato, reclama que esta última seja perquirida pela via coletiva, como, a propósito, parece ter ocorrido no caso vertente, e não pela via individual, sob pena de seu efeito multiplicador tornar inviável a que o poder Judiciário preste uma tutela jurisdicional adequada, e em tempo razoável (art. 5° LXXVIII, da CRFB/88), sobrecarregando-o ainda mais". Ante o exposto, reconheço a incompetência do Juizado para esta ação pela existência de ações coletivas que representam o autor, como os demais servidores, na busca da regularização de seus vencimentos, não sendo possível permitir-se o prosseguimento de ações individuais em flagrante prejuízo aos princípios processuais de Eficiência e Celeridade que norteiam o Microssistema dos Juizados Especiais, de acordo com a Lei 9.099/1995. Assim, VOTO para conhecer o agravo de instrumento e a ele dar provimento, reconhecendo a INCOMPETÊNCIA do Juizado para esta causa. Rio de Janeiro, 29/05/2017. MIRELA ERBISTI JUÍZA RELATORA


0000281-24.2017.8.19.9000 - AGRAVO DE INSTRUMENTO
CAPITAL 1 TURMA RECURSAL DOS JUI ESP FAZENDA PUB.
Juiz(a) MIRELA ERBISTI - Julg: 03/07/2017


Ementa nº 14

SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL ATIVO

APOSENTADORIA

NO CURSO DO PROCESSO

FÉRIAS NÃO GOZADAS

JUÍZO DE RETRATAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª TURMA RECURSAL DE FAZENDA PROCESSO N. 0501428-64.2014.8.19.0001 INDENIZAÇÃO DE FÉRIAS/LICENÇAS PRÊMIO NÃO GOZADAS - SERVIDOR PÚBLICO ATIVO QUE SE APOSENTA NO CURSO DO PROCESSO - POSSIBILIDADE - INCIDÊNCIA DO PRINCÍPIO GERAL QUE VEDA O ENRIQUECIMENTO SEM CAUSA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, JÁ QUE À MÍNGUA DE VÍNCULO JURÍDICO ENTRE AS PARTES EM RAZÃO DA APOSENTADORIA NÃO MAIS PODERÁ O SERVIDOR, DE QUALQUER FORMA, GOZAR O DIREITO ÀS FÉRIAS/LICENÇAS PRÊMIO - REPERCUSSÃO GERAL RECONHECIDA NO RE COM AGRAVO N. 721001/RJ EM CURSO NO STF - TEMA 365 DO STF - JUÍZO DE RETRATAÇÃO QUE SE IMPÕE. Trata-se de ação pelo rito especial da Lei n. 12.153/09 em que a parte autora, servidor público da ativa, requereu a condenação do Estado do Rio de Janeiro ao pagamento do valor referente a férias/licenças prêmio não gozadas em razão da necessidade do serviço, quando em atividade. Em defesa, o ERJ impugnou o pedido e aduziu que o único documento capaz de fazer prova do direito alegado pelo autor é a certidão emitida em conformidade com o Decreto n. 44279/13 ["nas certidões expedidas para atestar a ausência de férias e/ou licenças por servidores estaduais inativos, deverá ser obrigatoriamente informado o eventual cômputo em dobro de tais períodos de aposentadoria, bem como a data de aposentação do servidor"] e que a mesma não foi apresentada. Requereu a improcedência do pedido, mas, por eventualidade, indicou o último contracheque do servidor antes da aposentadoria como critério para fixação de eventual indenização, dele excluindo-se as verbas de natureza transitória. Em sentença proferida pelo Juízo monocrático, o ERJ foi condenado ao pagamento da indenização reclamada, assim ensejando a interposição do Recurso Inominado, devidamente respondido. Em sessão de 14/03/2016 foi proferido acórdão pela E. Turma Recursal de Fazenda que conheceu o Recurso Inominado do ERJ e a ele deu provimento para reformar a sentença e julgar improcedentes os pedidos. Opostos Embargos Declaratórios, foram os mesmos rejeitados. Interposto pela parte autora Recurso Extraordinário, foi o mesmo devolvido pela i. 3ª Vice-presidência deste Tribunal para exercício eventual de juízo de retratação, em vista do Tema n. 365 do E. STF. Essa a matéria devolvida. VOTO Firme em análise das razões, entendo que se impõe, aqui, o juízo de retratação indicado pela 3ª Vice-presidência deste E. TJERJ, à luz do Tema 365 do E. STF, havendo prova nos autos - embora extemporânea - de ter a parte autora se aposentado no curso do processo. Com efeito, embora haja enorme controvérsia jurisprudencial a respeito da possibilidade de indenização das férias/licenças prêmio não gozadas por necessidade do serviço para servidores que ainda mantém vínculo jurídico com a Administração Pública (ou seja, ativos) - já tendo essa magistrada se posicionado contrariamente a essa possibilidade oportunamente (por exemplo, no voto proferido quando do julgamento do Recurso Inominado nos autos do processo n. 0294206-29.2014.8.19.0001, pela 1ª Turma Recursal de Fazenda) - é inquestionável a possibilidade - ou melhor - o dever de indenizar tais períodos ao servidor que ingressou na inatividade, não mais mantendo vínculo com a Administração Pública. Cuida-se, aqui, de consectário que evidentemente decorre do Princípio Geral que Veda o Enriquecimento sem Causa da Administração Pública, já que à míngua de vínculo jurídico entre as partes em razão da aposentadoria não mais poderá o servidor, de qualquer forma, gozar o direito às férias anuais remuneradas ou qualquer outro direito decorrente do vínculo estatutário que titulariza, tal como previsto no artigo 6º, inciso XVII c/c no artigo 39, §3º da CRFB. Como se sabe, encontra-se pendente de julgamento o Recurso Extraordinário com Agravo n. 721001/RJ, interposto pelo ERJ nos autos de processo que tramitou no Microssistema dos Juizados Fazendários e que esta 1ª Turma Recursal Fazendária, em sede de Recurso Inominado, confirmou o entendimento monocrático para reconhecer o direito do servidor ativo à conversão em pecúnia de férias não gozadas, a bem do interesse da Administração, a título indenizatório e em observância ao princípio da vedação ao enriquecimento sem causa. Assim, entretanto, assentou-se a decisão que reconheceu a repercussão geral da matéria no E. STF: "REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO - 721.001 RIO DE JANEIRO - MIN. GILMAR MENDES - Recurso extraordinário com agravo. 2. Administrativo. Servidor Público. 3. Conversão de férias não gozadas - bem como outros direitos de natureza remuneratória - em indenização pecuniária, por aqueles que não mais podem delas usufruir. Possibilidade. Vedação do enriquecimento sem causa da Administração. 4. Repercussão Geral reconhecida para reafirmar a jurisprudência desta Corte". Essa decisão foi objeto de embargos de declaração opostos pelo ERJ, pois, ao assentar a jurisprudência daquela Corte para o caso dos autos, olvidou-se a circunstância de que, em verdade, a jurisprudência colacionada encontra-se diretamente relacionada a servidores inativos, pois, por certo, somente aqueles que não mais possuem vínculo ativo com a Administração Pública - seja pelo rompimento, seja pela inatividade - encontram o exercício do direito às férias inviabilizado. Ocorre que o caso dos autos está relacionado a servidor ativo do ERJ e, firme nesse equívoco material, o eminente relator Ministro Gilmar Mendes assim decidiu: "com efeito, o aresto reafirmou a tese de que é devida a conversão de férias não gozadas, bem como de outros direitos de natureza remuneratória, em indenização pecuniária tão somente por aqueles que não mais possam delas usufruir, seja por conta do rompimento do vínculo com a Administração, seja por inatividade, em virtude da vedação ao enriquecimento sem causa. No caso concreto, porém, o autor, ora recorrido e embargado, é servidor da ativa, consoante informado pelo embargante e admitido pelo embargado. Constatado o erro material do acórdão embargado, acolho os embargos de declaração com efeito modificativo para, reconhecida a repercussão geral da questão constitucional e definida a situação dos inativos, permitir o processamento do recurso extraordinário e apreciar a situação dos servidores ativos, facultando às partes o direito à sustentação na tribuna, quando da apreciação do mérito pelo Plenário". Vê-se, então, que a questão relacionada à possibilidade de indenização das férias não gozadas para servidores ativos encontra-se pendente de análise por parte do E. STF nos autos do Recurso Extraordinário cujo processamento foi determinado pelo eminente Relator Ministro Gilmar Mendes. A questão relacionada à possibilidade de indenização das férias não gozadas para servidores inativos, contudo, encontra-se julgada, tendo sido reafirmada a jurisprudência daquela Corte para a matéria em sede de repercussão geral, como acima transcrito. Firme nessas premissas, é imperioso destacar que a passagem para a inatividade com prejuízo da indenização dos períodos de férias ou licença prêmio não gozadas é, precisamente, o fato que caracteriza a lesão ao direito subjetivo do servidor, assim ensejando o nascimento da pretensão indenizatória que se acolhe com base no Princípio que Veda o Enriquecimento sem Causa da Administração Pública. Daí decorre duas conclusões dogmáticas que reputo inafastáveis: Primeira: a fixação da indenização do servidor deve pautar-se no valor contemplado no seu último contracheque do período de atividade, excluídas, claro, as verbas de natureza transitória. Isso porque o conteúdo econômico do dano suportado pelo servidor - que se indeniza firme no supracitado Princípio Geral do Direito - encontra-se objetivamente identificado no exato momento de sua passagem para a inatividade sem o gozo dos direitos decorrentes do seu vínculo estatutário. Penso que essa conclusão resulta natural se observado, também, o comando contido no artigo 944 do Código Civil ["a indenização mede-se pela extensão do dano"], aqui incidente. A indenização, para ser justa e corresponder ao dano efetivamente suportado pelo servidor, deve ser fixada com base nesse critério objetivo, portanto. Segunda: o termo inicial da prescrição da pretensão indenizatória em tela é, justamente, a passagem do servidor para inatividade, preceituando o Código Civil, em seu artigo 189, que "violado o direito, nasce para o titular a pretensão, a qual se extingue, pela prescrição, nos prazos a que aludem os arts. 205 e 206". É maciça a jurisprudência dos Tribunais nesse sentido. Como se vê, tais circunstâncias foram adequadamente observadas pelo servidor neste caso, fato que autoriza o acolhimento de seu pleito por força deste juízo de retratação. Assim, VOTO para, em sede de juízo de retratação e considerando a premissa técnica adotada pelo E. STF na elaboração do Tema 365, retratar o julgamento colegiado anterior (fls. 96 e seguintes) e, firme nas razões expostas, restabelecer a condenação monocrática, que acolheu os pedidos iniciais, adequando-a, contudo, para que o parâmetro indenizatório a ser utilizado seja o último contracheque do período de atividade da servidora, dele excluídas as verbas de caráter transitórios, com juros e correção na forma do artigo 1º - F da Lei n. 9494/1997, com a redação dada pela Lei n. 11.960/2009.


0501428-64.2014.8.19.0001 - RECURSO INOMINADO
CAPITAL 1 TURMA RECURSAL DOS JUI ESP FAZENDA PUB.
Juiz(a) NATHALIA CALIL MIGUEL MAGLUTA - Julg: 05/07/2017


Ementa nº 15

SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL

VERBAS ATRASADAS

DIREITO RECONHECIDO ADMINISTRATIVAMENTE

INTERRUPÇÃO DA PRESCRIÇÃO

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro GAB. DRA. ROSANA ALBUQUERQUE FRANCA Primeira Turma Recursal Fazendária Recurso Inominado nº.: 0310264-39.2016.8.19.0001 RECORRENTE: Estado do Rio de Janeiro RECORRIDO: Rodrigo Totioni Vieira RECURSO INOMINADO. DÍVIDA RECONHECIDA ADMINISTRATIVAMENTE E NÃO PAGA. PRESCRIÇÃO INTERROMPIDA QUE NÃO VOLTOU A CORRER, JÁ QUE NÃO ENCERRADO O PROCESSO ADMINISTRATIVO. RECURSO DO ESTADO CONHECIDO E DESPROVIDO. Trata-se de ação pelo rito especial da Lei n. 12.153/09 em que a parte autora, servidora pública estadual, pede a condenação do Estado ao pagamento de dívida reconhecida administrativamente e não paga. A sentença julgou procedente o pedido inicial, ensejando, assim, a interposição do Recurso Inominado pelo Estado, sustentando que a formação do processo administrativo interrompe a prescrição, reiniciando a sua contagem pela metade do prazo, nos termos do artigo 9º do Decreto Lei 20.910/1932. Essa a matéria devolvida. VOTO Inicialmente, conheço do Recurso Inominado interposto, eis que presentes os requisitos intrínsecos e extrínsecos de admissibilidade. No mérito, não merece ser dado provimento ao recurso. Não há falar em reinício da contagem do prazo pela metade, haja vista que, posteriormente ao reconhecimento do crédito em favor do autor pela Administração, iniciou-se (ou prosseguiu-se) a fase de consumação daquele direito, ou seja, do pagamento das diferenças a que faz jus. De acordo com o E. STJ, o ato administrativo que reconhece a existência de dívida interrompe a contagem do prazo prescricional, recomeçando este a fluir apenas a partir do último ato do processo que causou a interrupção, nos exatos termos do artigo 9º do Decreto Lei 20.910/1932, in fine. Assim, o prazo prescricional, interrompido pelo reconhecimento administrativo do débito, não volta a fluir de imediato, ficando suspenso pelo tempo necessário à apuração e pagamento da dívida. Se o processo administrativo ainda não foi concluído, já que não foi paga a integralidade dos retroativos, nem há notícia de que a Administração tivesse praticado qualquer ato incompatível com o interesse de saldar integralmente a dívida, não volta a correr a prescrição. Assim, VOTO para conhecer do Recurso Inominado e a ele negar provimento mantendo a sentença recorrida. Condeno o recorrente no pagamento dos honorários advocatícios fixados em 10% sobre o valor da condenação. Isento de custas. Rio de Janeiro, 10 de abril de 2017. ROSANA ALBUQUERQUE FRANÇA Juíza de Direito


0310264-39.2016.8.19.0001 - RECURSO INOMINADO
CAPITAL 1 TURMA RECURSAL DOS JUI ESP FAZENDA PUB.
Juiz(a) ROSANA ALBUQUERQUE FRANCA - Julg: 17/04/2017



back

:: Mais Noticias
  •  (19-06-2019) - OAB Niterói estará presente no 2º Encontro de Mulheres Advogadas, no Piauí, quinta e sexta-feira
  •  (19-06-2019) - Caarj vacinou 219 advogados e estagiários da OAB Niterói contra a gripe Influenza
  •  (18-06-2019) - OAB Niterói estará em recesso quinta e sexta-feira, acompanhando a Seccional. Retorno será terça
  •  (18-06-2019) - OAB Niterói comemora Dia do Advogado Trabalhista, com presidente da Seccional RJ, Afat, Mati e Acat
  •  (13-06-2019) - OAB Niterói discute ‘Impactos sociais e jurídicos da Reforma Trabalhista’, durante palestra, dia 2
  •  (13-06-2019) - Artigo do Presidente: Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil
  •  (11-06-2019) - Comissão de “Fashion Law” – Estudos em Direito da Moda da OAB Niterói participa de palestra no IFRJ
  •  (10-06-2019) - Clemerson Maciel será paraninfo da turma de novos advogados e estagiários de Direito nesta terça
  •  (10-06-2019) - Caarj vacina, dia 18 de junho, advogados e estagiários da OAB Niterói contra a gripe Influenza
  •  (10-06-2019) - Dia do Advogado Trabalhista será comemorado com café da manhã promovido pela OAB Niterói, dia 17
  •  (07-06-2019) - Comissão de Direito Imobiliário da 16ª Subseção da OAB/RJ está atuante no projeto de lei 226/2019
  •  (07-06-2019) - Dia do Advogado Trabalhista será comemorado com café da manhã promovido pela OAB Niterói, dia 17
  •  (06-06-2019) - OAB Niterói discute ‘Sistemas de Gestão de Conflitos: Reflexões de Saberes’, durante palestra dia 18
  •  (06-06-2019) - Solenidade de entrega de carteiras a novos advogados e estagiários de Direito na OAB Niterói
  •  (06-06-2019) - Artigo do Presidente: Dia Mundial do Meio Ambiente
  •  (05-06-2019) - Presidente da RioSolidário visita OAB Niterói nesta quinta-feira para receber doações
  •  (03-06-2019) - Comissão de Assistência às Vítimas de Violência Doméstica fala sobre o tema na Escola Dr. Memória
  •  (03-06-2019) - Rogério Travassos será paraninfo da turma de novos advogados e estagiários de Direito, amanhã
  •  (31-05-2019) - OAB Niterói assina convênio com a Corretora de Seguros JWM
  •  (31-05-2019) - 1º de Junho, Dia da Imprensa
  •  (31-05-2019) - Tania de Albuquerque toma posse na presidência da Comissão de Cultura Jurídica da OAB Niterói
  •  (30-05-2019) - Artigo do Presidente: Dia do Profissional Liberal
  •  (30-05-2019) - Comissão de Direito Imobiliário da OAB Niterói discute ITBIM junto à Prefeitura de Niterói
  •  (29-05-2019) - OAB Niterói abraça a ‘Campanha Calor Humano’ coordenada pela Caarj
  •  (29-05-2019) - OAB Niterói recebe alunos do Centro de Enriquecimento de Talentos e Altas Habilidades
  •  (29-05-2019) - Levi Altamiro Barbosa da Silva será paraninfo da turma de novos advogados e estagiários de Direito
  •  (29-05-2019) - Advogadas e colaboradoras da OAB Niterói recebem homenagem na Câmara Municipal
  •  (29-05-2019) - OAB Niterói marca presença na Copa das Subseções organizada pela Caarj
  •  (28-05-2019) - OAB Niterói exalta Dia Nacional da Gentileza
  •  (28-05-2019) - OAB Niterói presente na Inspeção da Justiça Federal na cidade
  •  (27-05-2019) - Caarj promove dia 30, na OAB Niterói, vacinação contra a gripe Influenza, para grupo prioritário
  •  (27-05-2019) - OAB Niterói irá sediar, na próxima quarta-feira, Conferência Livre de Saúde da Região Metropolitana
  •  (24-05-2019) - OAB Niterói está presente no 5º Congresso Brasileiro de Direito Previdenciário, realizado em MG
  •  (24-05-2019) - OAB/RJ, Acat e TRT/RJ debatem sobre nova ferramenta Cejusc, de mediação de conflitos
  •  (23-05-2019) - TRF2 suspende a Instrução Normativa da Receita Federal que obrigava advogados
  •  (23-05-2019) - Artigo do Presidente: Dia do Pedagogo
  •  (23-05-2019) - Alerj inicia discussão de projeto de lei sugerido pela OAB Niterói, sobre “Lei das Academias...
  •  (22-05-2019) - Solenidade de entrega de carteiras na OAB Niterói tem como paraninfa Laila Falconi
  •  (22-05-2019) - Comissão de Assistência às Vítimas de Violência Doméstica da OAB Niterói expõe Lei Maria da Penha
  •  (22-05-2019) - OAB Niterói marca presença na 1ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa,realizada na UFF
  •  (22-05-2019) - Alerj vota hoje projeto de alteração da ‘Lei das academias em condomínios edilícios’,
  •  (21-05-2019) - OAB Niterói marca presença na palestra ‘Enfrentando a LGBTIfobia: o necessário diálogo...'
  •  (21-05-2019) - OAB Niterói e Abami estreiam parceria com palestra ‘O Direito Imobiliário e a Advocacia Preventiva'
  •  (21-05-2019) - OAB Niterói participa de Audiência Pública sobre aumento da violência doméstica na cidade
  •  (17-05-2019) - Comunicado
  •  (16-05-2019) - OAB Niterói empossa Simone Carvalho na presidência da Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana
  •  (16-05-2019) - Artigo do Presidente: Abolição da Escravatura
  •  (15-05-2019) - Mariana Correia Rodrigues assume a nova Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Niterói
  •  (15-05-2019) - OAB saúda o Dia Internacional das Famílias
  •  (15-05-2019) - Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor será paraninfa da turma de novos advogados
  •  (15-05-2019) - Comissão de Integração Comunitária da OAB Niterói dá orientação jurídica em Boa Esperança
  •  (15-05-2019) - OAB Niterói apresenta demanda à Câmara Municipal para reserva de 20%de vagas para negros em concurso
  •  (14-05-2019) - Solenidade de entrega de carteiras tem como paraninfo Ricardo Rodrigues
  •  (14-05-2019) - Morre presidente da Subseção de São Pedro da Aldeia
  •  (13-05-2019) - Dia Mundial do Meio Ambiente será comemorado com palestra ‘A sustentabilidade está na moda'
  •  (13-05-2019) - Comissão de Previdência e Assistência Social da OAB Niterói realizará o primeiro Plantão Jurídico
  •  (10-05-2019) - OAB Niterói realiza seminário sobre ‘Dia da liberdade de impostos’ em 31 de maio
  •  (09-05-2019) - Artigo do Presidente: Mãe, nossa melhor advogada
  •  (08-05-2019) - Comissão OAB Jovem de Niterói coordena ‘Segundo Café Literário’, no dia 31 de maio
  •  (08-05-2019) - Patrícia Prins Suarez assume a Comissão de Diversidade e Inclusão da OAB Niterói
  •  (08-05-2019) - Comissão de Esportes da OAB/RJ e Caarj promovem 1ª Copa de Futebol Society das Subseções
  •  (08-05-2019) - OAB Niterói discute a ‘Lei de Distratos: temas relevantes e questões controvertidas’, dia 23 de maio
  •  (08-05-2019) - OAB Niterói oferecerá orientação jurídica gratuita durante ‘Ação Cidadã’ da Secretaria Municipal
  •  (07-05-2019) - Carmem Lucia Moura assume a presidência da Comissão de Assistência à Pessoa com Deficiência
  •  (07-05-2019) - Comissão OAB Mulher comemora o Dia das Mães em 15 de maio, com palestra e homenagens
  •  (03-05-2019) - OAB Niterói firma convênio com lavanderia 5àsec com desconto nos serviços para advogados
  •  (03-05-2019) - Presidente da Comissão de Igualdade Racial será paraninfo da turma de novos advogados e estagiários
  •  (03-05-2019) - Seminário sobre ‘Racismo Institucional’ será promovido pela OAB Niterói no próximo dia 13 de maio
  •  (02-05-2019) - Presidente da OAB Niterói dá posse aRaffaela Cupello na presidência da Comissão de Segurança Pública
  •  (02-05-2019) - Presidente da OAB Niterói faz visita institucional à Abami, com a presença de Luciano Bandeira
  •  (02-05-2019) - Solenidade de posse da Comissão OAB vai à Escola contou com presença ilustre do ex-presidente
  •  (02-05-2019) - Niterói arrecada centenas de alimentos durante Campanha de Doações às Vítimas das Chuvas
  •  (02-05-2019) - Artigo do Presidente: Dia do Trabalhador
  •  (02-05-2019) - 1º de Maio: Dia do Trabalhador e seus direitos
  •  (29-04-2019) - Comissão OAB Jovem da 16ª Subseção reúne advogados no ‘Café Literário’, para trocar ideias
  •  (29-04-2019) - Presidente da OAB Niterói fará abertura da Aula Magna na ESA, dia 2
  •  (29-04-2019) - Campanha de doações para as vítimas das chuvas promovida pela OAB Niterói arrecada cerca de 100 kg
  •  (25-04-2019) - Sociedade de Advogados consegue importante vitória sobre o Fisco Municipal no STF
  •  (25-04-2019) - OAB Niterói participa de palestra sobre ‘Estudos em Direito da Moda’, sábado, na Reserva Cultural
  •  (25-04-2019) - Artigo do Presidente: Dia Mundial do Livro
  •  (24-04-2019) - Artigo do Presidente: Fé em uma sociedade melhor
  •  (17-04-2019) - Comissão OAB Jovem da OAB Niterói coordena ‘Primeiro Café Literário’, no dia 26
  •  (17-04-2019) - OAB Niterói e Afat promovem debate sobre ‘Os novos caminhos da Previdência Social’, dia 29
  •  (17-04-2019) - OAB Niterói estará em recesso de Quinta-Feira Santa até dia 23, acompanhando a Seccional
  •  (17-04-2019) - OAB Niterói encerra campanha para arrecadar doações para casas de acolhimento de vítimas daviolência
  •  (17-04-2019) - José Henrique Macena é o novo presidente da Comissão de Previdência Social da OAB Niterói
  •  (17-04-2019) - OAB Niterói aborda ‘Constituição e novas famílias: pluralidade das entidades familiares’
  •  (16-04-2019) - OAB Niterói realiza, dia 30, primeira edição do ‘Café Jurídico e Etc’.
  •  (16-04-2019) - Presidente da Comissão de Assuntos Tributários da 16ª Subseção firma parceria com CDL Niterói
  •  (12-04-2019) - OAB Niterói promove campanha de doações às vítimas das chuvas
  •  (11-04-2019) - Artigo do Presidente: Hinos que regem a nossa vida
  •  (11-04-2019) - OAB Niterói assina convênio com Laboratório de Análises Clínicas Pascoto,com desconto para advogados
  •  (10-04-2019) - Karin Ferreira Dias Rangel será paraninfa de turma de novos advogados e estagiários na OAB Niterói
  •  (09-04-2019) - Comunicado OAB Niterói
  •  (09-04-2019) - Representante de alunos da Faculdade de Nutrição da UFF entrega doações para a campanha
  •  (09-04-2019) - OAB Niterói suspende solenidade de entrega de carteiras devido às fortes chuvas de hoje
  •  (05-04-2019) - Sheila Provietti assume Comissão dos Juizados Especiais Estaduais da OAB Niterói
  •  (05-04-2019) - Fernando Praxedes será paraninfo da turma de novos advogados e estagiários de Direito
  •  (04-04-2019) - Claudio Vianna empossa Comissão de Igualdade Racial da OAB Niterói exaltando a importância do tema
  •  (04-04-2019) - Presidente da Abami visita OAB Niterói para estreitar relações e parcerias em ações conjuntas
  •  (04-04-2019) - Claudio Vianna recebe advogados para tratar da posse das Comissões de Cultura Jurídica e Diversidade
  •  (04-04-2019) - Bruno Lessa visita OAB Niterói para fazer sua doação à ‘1ª Campanha para arrecadação de doações'
  •  (04-04-2019) - Artigo do Presidente: SAÚDE AO ADVOGADO
  •  (03-04-2019) - OAB Niterói discute a ‘Lei de Distratos: temas relevantes e questões controvertidas’,dia 11 de abril
  •  (29-03-2019) - Márcia Bernardino toma posse como presidente da Comissão de Direito de Família da OAB Niterói
  •  (29-03-2019) - OAB Niterói fecha convênio com Clínica Niterói de Psicologia, que concede 50% de desconto
  •  (27-03-2019) - Subsecretário Municipal do Idoso, Leonardo Picanço, visita presidente da OAB Niterói
  •  (27-03-2019) - Fernando Tinoco assume presidência da Comissão de Políticas Públicas e Controle Social da OABNiterói
  •  (27-03-2019) - Artigo do Presidente: ALÉM DA VIOLAÇÃO ÀS PRERROGATIVAS DO ADVOGADO
  •  (21-03-2019) - Artigo do Presidente - 22 DE MARÇO: DIA MUNDIAL DA ÁGUA
  •  (20-03-2019) - Comissão de Assuntos Tributários da OAB Niterói realiza plantão para ajudar na declaração do IR
  •  (20-03-2019) - OAB Niterói assina convênio com a Ótica Cristale & Hospital de Óculos, concedendo desconto
  •  (20-03-2019) - OAB Niterói inova e cria Comissão de Fashion Law – Estudos em Direito da Moda
  •  (20-03-2019) - OAB Niterói debate a ‘Lei das academias em condomínio edilício’ dia 1º de abril, no auditório
  •  (19-03-2019) - Comissão OAB Jovem enfoca ‘Ética, prerrogativa e marketing jurídico’ durante palestra dia 27
  •  (19-03-2019) - OAB Niterói entrega carteiras a novos advogados e estagiários de Direito dia 28
  •  (15-03-2019) - OAB Niterói empossa Comissão de Proteção e Defesa dos Animais
  •  (15-03-2019) - Laila Falconi toma posse como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB Niterói
  •  (15-03-2019) - Comissão de Apoio à Terceira Idade da OAB Niterói toma posse e antecipa projetos de atuação
  •  (15-03-2019) - Gerente do INSS visita presidente da OAB Niterói e promete regularizar atendimento aos advogados
  •  (14-03-2019) - Artigo do Presidente: 15 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DO CONSUMIDOR
  •  (14-03-2019) - OAB Niterói enfoca o ‘Respeito às diferenças, exercendo o direito à igualdade’ em palestra no dia 20
  •  (14-03-2019) - Dia Internacional contra a discriminação racial será celebrado na OAB Niterói com palestra
  •  (13-03-2019) - Comissão de Apoio à Terceira Idade da OAB Niterói inicia plantão para atender a população idosa
  •  (12-03-2019) - Advogado Cléber Barros enfoca ‘Imposto de Renda dos Advogados’durante palestra na OAB Niterói,dia 19
  •  (11-03-2019) - OAB Niterói comemora Dia Mundial do Consumidor com orientação jurídica gratuita nesta sexta-feira,15
  •  (11-03-2019) - OAB Niterói lança campanha de doações para casas de acolhimento de vítimas da violência doméstica
  •  (08-03-2019) - As mulheres merecem todo reconhecimento
  •  (07-03-2019) - Artigo: Violência Doméstica
  •  (28-02-2019) - OAB Niterói estará em recesso entre os dias 1º e 6 de março.Sala dos Advogados e van funcionam sexta
  •  (27-02-2019) - Marcelo Funes é o presidente da Comissão de Direito Imobiliário na nova gestão da OAB Niterói
  •  (27-02-2019) - OAB Niterói empossa José Ricardo Oliveira Lessa como presidente da Comissão de Direitos Humanos
  •  (27-02-2019) - Fernanda Ferreira Lopes Tavares assume presidência da Comissão OAB Jovem de Niterói
  •  (25-02-2019) - Turma de novos advogados e estagiários de Direito receberá carteira na OAB Niterói amanhã, dia 26
  •  (25-02-2019) - Regras para declaração do Imposto de Renda já foram divulgadas. OAB Niterói orienta advogados
  •  (20-02-2019) - OAB Niterói participa da consulta pública para criação do Parque Natural Municipal da Água Escondida
  •  (20-02-2019) - OAB Niterói cria Comissão de Orientação e Triagem, presidida por Jocelin Marry da Silva
  •  (20-02-2019) - Paulo Sérgio dos Santos reassume Comissão de Integração Comunitária da OAB Niterói
  •  (19-02-2019) - Eliana do Nascimento Barboza assume nova Comissão de Assistência às Vítimas de Violência Doméstica
  •  (18-02-2019) - OAB Niterói homenageia os jornalistas na passagem do Dia do Repórter
  •  (15-02-2019) - Márcio Ferreira Teixeira toma posse como presidente da Comissão Especial de Assuntos Tributários
  •  (15-02-2019) - Helga Mansur toma posse como presidente da Comissão OAB Mulher
  •  (14-02-2019) - COMUNICADO
  •  (12-02-2019) - OAB Niterói lamenta morte prematura do jornalista Ricardo Boechat, originário da cidade
  •  (08-02-2019) - Gerente da agência da Caixa Econômica no TRT visita presidente da OAB Niterói
  •  (08-02-2019) - Presidente Claudio Vianna e diretoria da OAB Niterói tomam posse solene em cerimônia festiva
  •  (06-02-2019) - OAB Niterói participa de reunião para debater a segurança na cidade
  •  (05-02-2019) - Presidente da OAB Niterói recebe visita de cortesia do presidente-chanceler do Ifec
  •  (05-02-2019) - Entrada de serviço causa polêmica em condomínio na Boa Viagem, em Niterói
  •  (05-02-2019) - Salto na conta de luz em Niterói gera abaixo-assinado
  •  (05-02-2019) - Próxima turma a receber carteiras na OAB Niterói, dia 7, terá como paraninfo diretor da ESA
  •  (23-01-2019) - Posse solene da nova Diretoria e Conselho da OAB Niterói será dia 6 de fevereiro, no Teatro Abel
  •  (21-01-2019) - OAB Niterói realiza primeira entrega de carteiras na gestão de Claudio Vianna no dia 24
  •  (07-01-2019) - OAB/Niterói: Cláudio Vianna anuncia primeiras medidas
  •  (04-01-2019) - Cláudio Vianna assina termo de posse como presidente da OAB Niterói
  •  (17-12-2018) - OAB Niterói estará em recesso de 20 de dezembro a 2 de janeiro para as festas de fim de ano
  •  (12-12-2018) - PREITO DE AGRADECIMENTO: Diretores, Conselheiros,Presidentes e Delegados de Comissões e Funcionários
  •  (12-12-2018) - NOTA DE AGRADECIMENTO AOS AMIGOS DA OAB
  •  (10-12-2018) - AGRADECIMENTO AOS AMIGOS DA IMPRENSA
  •  (06-12-2018) - Vitória para a advocacia
  •  (06-12-2018) - Obrigado!
  •  (05-12-2018) - 30 anos da Constituição Federal
  •  (04-12-2018) - Cláudio Vianna eleito em Niterói
  •  (04-12-2018) - Bandeira vai presidir a OAB/RJ
  •  (30-11-2018) - Sensação de dever cumprido