OAB Niterói online
Notícias
TJGO - Valor de fiança deve ser arbitrado proporcionalmente à situação financeira do réu

TJGO - Valor de fiança deve ser arbitrado proporcionalmente à situação financeira do réu


 
Os integrantes da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) seguiram, à unanimidade, o voto do relator, desembargador Itaney Francisco Campos, para conceder habeas corpus que reduz o valor da fiança imposta a um homem acusado de efetuar disparos de arma de fogo em via pública. A quantia, antes arbitrada em R$ 10 mil, foi reduzida para o valor de R$ 970 sob a justificativa de que ela deve ser compatível com a situação financeira do réu.

Após a lavratura do auto de prisão, o Delegado de Polícia fixou o valor de R$ 10 mil para a fiança do acusado. Inconformado, impetrou Habeas Corpus alegando que, além da prisão ser ilegal, por ser pessoa simples e desempregada, o valor da fiança é exacerbado e incompatível com sua situação financeira. Pediu, então, provimento liminar para que fosse isento do pagamento e determinada a imediata expedição do alvará de soltura em seu favor.

O desembargador afirmou que a ordem deve ser concedida, a fim de reduzir a fiança imposta ao acusado. “Compreendo que não se trata de caso de dispensa de fiança, mas sim de redução para a quantia de R$ 970, correspondente ao valor atual do salário mínimo, pois, embora a documentação indique que o paciente têm dificuldades financeiras, esses mesmos documentos sugerem que ele possui o mínimo de recursos que o habilita a pagar o referido valor”, informou.

Votaram com o relator, os desembargadores Ivo Fávaro, Nicomedes Domingos Borges e o juiz substituto em 2º grau Sival Guerra Pires.
 
Fonte: TJGO



back

:: Mais Noticias
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói assina nesta quinta-feira, dia 11, convênio com clínica médica para consultas a R$ 60
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói realiza primeira entrega de carteiras a novos advogados e estagiários de Direito dia 11
  •  (19-12-2017) - Feliz Natal e um 2018 de alegrias!
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói suspenderá rede de informação até 20 de janeiro, acompanhando as férias dos advogados
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói estará em recesso de 20 de dezembro a 7 de janeiro para as festas de fim de ano
  •  (19-12-2017) - Turma de Direito da UFF de 1967 comemora Jubileu de Ouro de formatura no dia 19 de janeiro
  •  (18-12-2017) - TRT3 - Aumento jornada em readaptação acompanhada aumento salarial não representa alteração lesiva
  •  (18-12-2017) - STJ - Tribunal edita seis novas súmulas
  •  (18-12-2017) - STF - Tribunal inicia julgamento de ações sobre o novo Código Florestal
  •  (18-12-2017) - CJF - TNU cancela enunciado da Súmula nº 51
  •  (18-12-2017) - Ementário de Jurisprudência Cível Nº 32/2017 do TJRJ
  •  (15-12-2017) - STJ - Reconhecimento de união estável com pessoa casada não pode dispensar citação do cônjuge
  •  (15-12-2017) - STJ - Primeira Turma nega acesso de município a informações individualizadas colhidas pelo IBGE
  •  (15-12-2017) - TST - Empresa pagará equivalente a seguro-desemprego porque fez três cadastros de PIS de empregado
  •  (15-12-2017) - STJ - O sonho da maternidade às portas
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Insuficiência da penhora não é causa para a extinção dos embargos do devedor
  •  (14-12-2017) - TJAL - Nova lei facilita processo de adoção de crianças; saiba o que mudou
  •  (14-12-2017) - TRT13 - O direito e o Trabalho
  •  (14-12-2017) - CNJ: Modernizar cartórios é inadiável, diz Noronha aos corregedores
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Crédito tributário declarado e não honrado no seu vencimento pode ser inscrito imediatamente
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Tribunal mantém sentença que afasta a Taxa de Saúde Suplementar
  •  (14-12-2017) - TJPB - Acusado de abandono material por falta de pagamento de pensão alimentícia tem apelo negado
  •  (14-12-2017) - Informativo STF