OAB Niterói online
Notícias
TRT4 - Sete fundações do Estado estão proibidas de demitir concursados celetistas estáveis

TRT4 - Sete fundações do Estado estão proibidas de demitir concursados celetistas estáveis


 Sete liminares concedidas pela 18ª Vara do Trabalho de Porto Alegre entre a última sexta-feira (20/10) e esta segunda-feira (23/10) impedem que a Fundação Cultural Piratini, a Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH), a Fundação de Economia e Estatística (Fee), a Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (FZB), a Fundação de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), a Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) e a Fundação de Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH)  demitam empregados concursados que tenham mais de três anos de serviço, ou seja, que sejam considerados estáveis. As decisões, proferidas em sete ações trabalhistas diferentes, foram suscitadas pelos sindicatos que representam cada categoria de trabalhadores, de acordo com as atividades desenvolvidas pelas fundações. As decisões foram proferidas pelos juízes Paulo Ernesto Dorn e João Batista Sieczkowski.  Em caso de descumprimento, cada fundação deve pagar R$ 100 mil a cada trabalhador dispensado.

O argumento principal dos sindicatos de trabalhadores é a existência de Súmula do Tribunal Superior do Trabalho que considera empregados concursados de fundações públicas como estáveis, mesmo que sejam regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho. Esses empregados, segundo as instituições sindicais, não podem ser demitidos, mas sim reaproveitados pelo Estado em outras atividades, caso as fundações sejam extintas.

Na fundamentação das liminares, os juízes analisaram que as ações trabalhistas atuais não apresentam conexão com processos anteriores, que discutiram a necessidade de negociação para extinção de fundações, alvos de decisão recente do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Segundo os magistrados, as novas ações têm partes diferentes e tratam de temas diversos, o que faz com que possam tramitar de forma normal.

Clique nos links a seguir para ter acesso às liminares: Fundação Cultural Piratini, Fundação de Economia e Estatística, Fundação Zoobotânica, Superintendência de Portos e Hidrovias, Fundação de Planejamento Metropolitano e Regional, Fundação de Ciência e Tecnologia e Fundação de Desenvolvimento de Recursos Humanos. http://pje.trt4.jus.br/consultaprocessual/pages/consultas/ListaProcessos.seam?numero_unic=00214929820175040007&popup=0

Fonte: TRT4



back

:: Mais Noticias
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói assina nesta quinta-feira, dia 11, convênio com clínica médica para consultas a R$ 60
  •  (09-01-2018) - OAB Niterói realiza primeira entrega de carteiras a novos advogados e estagiários de Direito dia 11
  •  (19-12-2017) - Feliz Natal e um 2018 de alegrias!
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói suspenderá rede de informação até 20 de janeiro, acompanhando as férias dos advogados
  •  (19-12-2017) - OAB Niterói estará em recesso de 20 de dezembro a 7 de janeiro para as festas de fim de ano
  •  (19-12-2017) - Turma de Direito da UFF de 1967 comemora Jubileu de Ouro de formatura no dia 19 de janeiro
  •  (18-12-2017) - TRT3 - Aumento jornada em readaptação acompanhada aumento salarial não representa alteração lesiva
  •  (18-12-2017) - STJ - Tribunal edita seis novas súmulas
  •  (18-12-2017) - STF - Tribunal inicia julgamento de ações sobre o novo Código Florestal
  •  (18-12-2017) - CJF - TNU cancela enunciado da Súmula nº 51
  •  (18-12-2017) - TNU - Certidão é essencial para contagem de tempo trabalhado
  •  (18-12-2017) - Ementário de Jurisprudência Cível Nº 32/2017 do TJRJ
  •  (15-12-2017) - STJ - Reconhecimento de união estável com pessoa casada não pode dispensar citação do cônjuge
  •  (15-12-2017) - STJ - Primeira Turma nega acesso de município a informações individualizadas colhidas pelo IBGE
  •  (15-12-2017) - TST - Empresa pagará equivalente a seguro-desemprego porque fez três cadastros de PIS de empregado
  •  (15-12-2017) - STJ - O sonho da maternidade às portas
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Insuficiência da penhora não é causa para a extinção dos embargos do devedor
  •  (14-12-2017) - TJAL - Nova lei facilita processo de adoção de crianças; saiba o que mudou
  •  (14-12-2017) - TRT13 - O direito e o Trabalho
  •  (14-12-2017) - CNJ: Modernizar cartórios é inadiável, diz Noronha aos corregedores
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Crédito tributário declarado e não honrado no seu vencimento pode ser inscrito imediatamente
  •  (14-12-2017) - TRF1 - Tribunal mantém sentença que afasta a Taxa de Saúde Suplementar
  •  (14-12-2017) - TJPB - Acusado de abandono material por falta de pagamento de pensão alimentícia tem apelo negado
  •  (14-12-2017) - Informativo STF