OAB Niterói online
Notícias
OAB Niterói cobra do Banco do Brasil agilidade e eficiência no recebimento dos mandados de pagamento

OAB Niterói cobra do Banco do Brasil agilidade e eficiência no recebimento dos mandados de pagamentos físicos que serão liberados para os advogados até o final do ano


A convite da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas, presidida por Hugo Viana, os gerente-geral da agência Niterói do Banco do Brasil da Av. Amaral Peixoto, Flávia Raunheitti, e o gerente de serviços, Márcio Fernandes, estiveram no gabinete do presidente da OAB Niterói, Antonio José Barbosa da Silva, que cobrou uma posição em relação ao esquema montado pela instituição para agilizar o recebimento do grande número de mandados de pagamentos físicos. Serão liberados pela Justiça para os advogados até o final de dezembro, antes do recesso da Justiça. Também esteve presente à reunião, o superintendente da entidade, Alexandre Ferreira.
 
A posição foi reforçada por Hugo Viana, lembrando que o acordo entre a Corregedoria do TJ e a OAB/RJ prevê que todos os mandados referentes a 2017 sejam liberados e pagos até o final do ano.
Flávia Raunheitti afirmou que, além de estreitar o relacionamento com a entidade, uma vez que ela é recém-chegada ao cargo na agência Niterói, a visita teve como proposta apresentar o novo gerente de serviços, Márcio Fernandes, que ficará responsável por todo o trâmite dos mandados de pagamento, sendo neste caso a ponte entre o BB e a OAB Niterói.
 
Segundo Márcio, a proposta é estreitar a distância entre a OAB Niterói e o banco, identificar os trâmites no pagamento dos mandados e alvarás e buscar soluções conjuntas. O gerente se mostrou receptivo e sensibilizado com o grave problema, garantindo que esta foi a primeira das muitas reuniões que pretende ter com a presidência da entidade.
 
Antonio José foi incisivo na cobrança de soluções e disse que os advogados  não podem passar pelo mesmo sufoco dos anos 2015/2016, quando havia grandes filas e o BB era obrigado a distribuir senha, um verdadeiro absurdo.
 
Disse que o BB precisa a facilitar a autorização automática, com a destinação do banco apontado para evitar problemas no momento da retirada do caixa. Há dezenas de reclamações.
 
Hugo Viana indagou sobre uma solução mais rápida, propondo, inclusive, o retorno do Posto de Mandados e Pagamentos do BB na sede da OAB de Niterói, medida tomada no afogadilho,  que somente trouxe problemas para a classe. O posto sempre cumpriu a finalidade. Era um ótimo serviço, destacou.



back

:: Mais Noticias
  •  (11-12-2018) - Desembargador Claudio de Mello Tavares é eleito presidente do TJRJ
  •  (07-12-2018) - Juiz Alexandre Chini Neto é nomeado assessor da diretoria da Escola Nacional da Magistratura
  •  (06-12-2018) - Vitória para a advocacia
  •  (06-12-2018) - Obrigado!
  •  (05-12-2018) - 30 anos da Constituição Federal
  •  (04-12-2018) - Presidente da Fundação Municipal de Educação é condecorado com Medalha José Clemente Pereira
  •  (30-11-2018) - Sensação de dever cumprido
  •  (29-11-2018) - Andra Luiza Geraldino Rocha da Silva assume presidência Comissão Defesa, Assistência e Prerrogativas
  •  (27-11-2018) - Subseção Niterói realiza palestra com enfoque na “OAB e o advogado’, dia 3 de dezembro
  •  (26-11-2018) - Palestra na OAB Niterói discute os ‘Pontos controvertidos da Reforma Trabalhista’, dia 4 de dezembro
  •  (16-11-2018) - Palavra do presidente: Fatos relevantes
  •  (09-11-2018) - Palavra do presidente: Chumbo grosso
  •  (09-11-2018) - TRT/RJ elege nova administração para o biênio 2019/2021
  •  (01-11-2018) - Palavra do presidente: Medalha de ouro
  •  (26-10-2018) - Palavra do presidente: O que fazer?
  •  (25-10-2018) - Artigo: O IMPACTO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NA SOCIEDADE
  •  (19-10-2018) - Palavra do presidente: Sem sentido
  •  (16-10-2018) - Artigo: Órfãos
  •  (11-10-2018) - Palavra do presidente: Verdade
  •  (05-10-2018) - Artigo: Mais problemas
  •  (04-10-2018) - Artigo:O DANO SINÉTICO E O FIM DO MERO INADIMPLEMENTO CONTRATUAL
  •  (02-10-2018) - Artigo: Caridade