OAB Niterói online
Notícias
Palavra do presidente: Alguém duvida?

 

Palavra do presidente: Alguém duvida?

 


Por Antonio José Barbosa da Silva, presidente da OAB de Niterói


Uma novidade alvissareira, sempre crescente, está acontecendo nas Forças Armadas, nas polícias Federal, Civil, Militar. Importantes cargos passaram a ser ocupadas por mulheres. Antes,  só atuavam nos setores de saúde.


Hoje as mulheres, via concurso público, trabalham nos quadros  do Exército, Marinha, Aeronáutica, PM e  nas polícias Federal, Civil e Rodoviária, alem da Guarda municipal.


Em todas as operações, por exemplo, bonitas mulheres estão em ação.  É mais uma barreira sendo derrubada em nome da igualdade de sexo, o que não deixa de ser uma ótima conquista, e das melhores para o visual dos homens.


É bonito ver as mulheres participando de operações ou dando entrevistas à imprensa.


Na advocacia, não dormem de touca e partem com garra para ultrapassar os homens. Em Niterói, a cada entrega de carteira, elas pulam na frente por larga margem.


Na justiça, as mulheres cada vez ocupam mais espaços, como ministras, juízas e servidoras e são hoje lideradas pela presidente do Supremo, ministra Carmem Lúcia. Na primeira instância, aqui no RJ, já são quase maioria, sobretudo na área estadual.


Nos ministérios públicos e defensorias estão no calcanhar dos homens com muita fome de vencer.


No jornalismo, nem é bom falar: brilham por todos os lados.


Em outras áreas igualmente correm atrás. Hoje se observam mulheres exercendo profissões antes destinadas só a homens. São dezenas, o que torna difícil enumerá-las.


Elas não fazem por menos. Com inteligência e determinação estão ocupando todos os espaços disponíveis em segmentos nunca antes navegáveis e marcando um gol atrás do outro.


Pelo navegar dos iates, estão umas feras e não pretendem dar colher de chá ao sexo masculino.


Estão mostrando o rosto em praticamente todas as áreas da sociedade. Cientes de seu valor e do seu potencial, não querem ficar restritas aos serviços domésticos.  Querem muito e muito mais.


Sinalizam com toda  energia e vontade de vencer que não vão abrir mão desses espaços. Não querem exercer mais o papel  de coadjuvantes, pois estão imbuídas do desejo de assumirem o papel de atriz principal da luta para vencer nas profissões.


Os homens que se cuidem, porque elas estão com a corda toda  para superar todos os percalços e ocupar todos os espaços, com o controle sobre suas áreas de atuação.


Sem medo de errar ou ser tendencioso, elas vão dominar pelo valor da inteligência, cultura e vontade de vencer, o que elas têm de sobra.


Quem sabe se o mundo não seria melhor, com as canetas das mulheres escrevendo o sucesso das nações, com menos desigualdades sociais?


 


Publicação em O Fluminense de 25-5-18


back

:: Mais Noticias
  •  (13-12-2018) - Vice-presidente eleita da OAB/RJ,Ana Tereza Basílio é a paraninfa da última turma de novos advogados
  •  (11-12-2018) - Desembargador Claudio de Mello Tavares é eleito presidente do TJRJ
  •  (07-12-2018) - Juiz Alexandre Chini Neto é nomeado assessor da diretoria da Escola Nacional da Magistratura
  •  (06-12-2018) - Vitória para a advocacia
  •  (06-12-2018) - Obrigado!
  •  (05-12-2018) - 30 anos da Constituição Federal
  •  (04-12-2018) - Presidente da Fundação Municipal de Educação é condecorado com Medalha José Clemente Pereira
  •  (30-11-2018) - Sensação de dever cumprido
  •  (29-11-2018) - Andra Luiza Geraldino Rocha da Silva assume presidência Comissão Defesa, Assistência e Prerrogativas
  •  (27-11-2018) - Subseção Niterói realiza palestra com enfoque na “OAB e o advogado’, dia 3 de dezembro
  •  (26-11-2018) - Palestra na OAB Niterói discute os ‘Pontos controvertidos da Reforma Trabalhista’, dia 4 de dezembro
  •  (16-11-2018) - Palavra do presidente: Fatos relevantes
  •  (09-11-2018) - Palavra do presidente: Chumbo grosso
  •  (09-11-2018) - TRT/RJ elege nova administração para o biênio 2019/2021
  •  (01-11-2018) - Palavra do presidente: Medalha de ouro
  •  (26-10-2018) - Palavra do presidente: O que fazer?
  •  (25-10-2018) - Artigo: O IMPACTO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NA SOCIEDADE
  •  (19-10-2018) - Palavra do presidente: Sem sentido
  •  (16-10-2018) - Artigo: Órfãos
  •  (11-10-2018) - Palavra do presidente: Verdade
  •  (05-10-2018) - Artigo: Mais problemas
  •  (04-10-2018) - Artigo:O DANO SINÉTICO E O FIM DO MERO INADIMPLEMENTO CONTRATUAL
  •  (02-10-2018) - Artigo: Caridade